AGM - Associação Goiana de Municípios
Mapa do site
Telefones Úteis
Acessibilidade
Alto contraste
Tamanho da Fonte:
A+
A
A-
Mapa do site Teclas de atalho
Alto contraste
Tamanho da Fonte:
A+
A
A-
Nenhum resultado.
Presidente da AGM concede entrevista a Mil FM 20 abr 2017 em AGM

Presidente da AGM concede entrevista a Mil FM

?Falando Francamente?, programa jornalístico veiculado pela rádio MIL, 102,9 FM, teve como convidado especial nessa quinta-feira (20) o presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), Paulo Sérgio de Rezende. Além da emissora na Capital o programa foi veiculado por uma rede formada por 10 emissoras de rádio, atingindo todo o estado de Goiás. Durante meia hora o presidente da AGM conversou com os radialistas Jerônimo Rodrigues e Daniel de Paula sobre diversos assuntos.
 
Paulo Sérgio destacou o trabalho da atual diretoria da associação na busca do fortalecimento da AGM e na defesa dos interesses do municipalismo. Trabalho esse que inclui uma maior aproximação e um bom nível de relacionamento com os Governos do Estado, Federal, órgãos e entidades. Como exemplo citou as constantes audiências que mantem com o governo estadual e órgãos como o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Foi através do trabalho da entidade que se obteve a prorrogação do prazo para o ICMS Ecológico, a expedição do Cartão do Idoso e aumento de mais 1.500 vagas no Programa Jovem Aprendiz. Através de parceria com o Sebrae-GO, a AGM está facilitando a ida prefeitos à Brasília para participarem do IV Encontro dos Municípios com Desenvolvimento Sustentável.
 
Também defendeu uma maior participação dos prefeitos nas lutas e mobilizações visando a defesa dos interesses dos municípios. Para tanto conclamou os prefeitos, vices, vereadores e lideranças políticas para que participem da XX Macha à Brasília a ser realizada de 15 a 18 de maio, cujas as inscrições já estão abertas e podem ser feitas no site da www.cnm.org.br.  Na ocasião será colocada em discussão uma extensa programação que integra a chamada Pauta Municipalista. Um dos principais pontos em debate é a mudança no Pacto Federativo com a devolução da autonomia financeira aos municípios. Com o passar dos anos aumentou-se a concentração de recursos nos cofres do Governo Federal e, com isso, provocando uma retração nas finanças das prefeituras que amargam uma das piores crises da história. ?Temos que promover uma distribuição mais justa desses recursos pois são os gestores que solucionam os problemas nos municípios e estão em contato direto com a população?, salientou.
 
Outro ponto a ser tratado na manifestação refere-se ao benefício do Imposto Sobre Serviços (ISS) cobrado sobre os bancos através do cartão de crédito que hoje beneficia apenas três cidades brasileiras.
 
Quanto a proposta da reforma da previdência, o presidente da AGM diz que esse tema ainda não vem sendo discutido em nível municipal e que é aguardada uma decisão pelo Congresso Nacional que analisa o tema.
 
Ao ser indagado sobre o porquê saiu do DEM e se filiou ao PSDB o prefeito Paulo Sérgio (Hidrolândia) afirmou que ?isso ocorreu de forma natural. Sempre trabalhamos com o vice-governador José Eliton, que também pertencia ao DEM, mas em determinado momento o presidente do partido senador Ronaldo Caiado tomou uma posição contrária ao governador Marconi Perillo. Como sempre integrei e defendo a base aliada não poderia tomar uma decisão diferente. Estou muito tranquilo e feliz no PSDB?, afirmou.