MP-GO e AGM incentivam municípios a aderirem ao “Dados do Bem”

Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020 às 08:59 - Notícia

O Ministério Público de Goiás (MP-GO), através da promotora Dra Karina D’Abruzzo coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Saúde, solicitou o empenho da Associação Goiana de Municípios (AGM) no sentido de incentivar os municípios a aderirem ao Projeto Dados do Bem. Por sua vez, a AGM, sempre participativa e valorizando o trabalho em parcerias, está entrando em contato com os prefeitos no sentido de informá-los e conscientizá-los da importância da adoção da medida.

O Projeto Dados do Bem está sendo executado pelo Governo do Estado de Goiás em cooperação técnica com o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino e visa a realização da testagem em massa da população de 78 municípios goianos para a detecção e monitoramento de pessoas contaminadas pela Covid 19 . Até o momento apenas 19 municípios já aderiram. “É importante que a adesão do município ocorra o mais rápido possível, em caráter de urgência”, salienta a promotora.

O presidente da AGM, Paulo Sérgio de Rezende (Paulinho), também orienta aos prefeitos para que “atendam ao chamado do MP-GO pois o trabalho é uma importante ferramenta no combate a propagação do coronavirus”.
Para tanto é importante que o município selecionado para a testagem em massa da população entre em contato com a Secretaria Estadual de Saúde através da Superintendência de Vigilância em saúde com Flúvia Pereira Amorim da Silva pelo fone (62) 3201 3933.

O Dados do Bem vai rastrear os pacientes que já estão diagnosticados e controlar o seu isolamento. O rastreamento permite identificar com maior precisão como está ocorrendo a propagação do vírus em cada cidade goiana.
A escolha de cada município foi determinada por critérios técnicos elaborados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa), em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Essas mesmas cidades receberão equipamentos para testagem em massa. A ação ocorrerá por meio de um convênio firmado entre o Instituto Butantan, de São Paulo, e o Programa Todos Pela Saúde, do Banco Itaú, em parceria com outros órgãos.

Assessoria de Comunicação da AGM